Diário do Manifesto Juridico Sociológico do Povo Lundês

Click here to edit subtitle

Génese da História da Lunda

General Henrique de Carvalho

Este é o Sr. General Henrique de Carvalho, a quem tinha sido incumbida a missão de celebrar os Tratados de Protetorado Internacional Lunda-Tchokwé, e um Tratado das fronteiras que delimita a Lunda-Tchokwé, com Angola, RDC, Zambia e Namibia.

Mapa de África sem data e o ano da sua confecção

Neste mapa, colocamos cruzes nos territórios das etnias Luba, Lulua, Lunda , Tchokwé e Pende. Por tanto, juridicamente, neste mapa, estas etnias cada uma é soberana, porque cada tribo tem o seu território bem demarcado, e, ao lado do mar, constata-se também o território da etnia Kimbundo, é por isso que, de forma civilizada, não há de facto como um destes povos com os seus Estados Independentes, entrarem em Litígios ou em choques.


Explicamos que, quando se diz que o "Kalunda é sobrinho do Katchokwé", apenas devemos encontrar esta relação familiar, na história do casamento da luegi e tchipinda ilunga.


Não é verdade, que, o território do Ex- império Lunda, é dos Calundas, conforme os contos, mas sim é um território dos Katchokwés doado aos seus sobrinhos, ou Calundas. Agora, analisem estes factos publicados nas páginas 993, onde diz; " Lundês" e 1325, onde diz; " os Quiocos " do dícionário Português de 2010, para cada um poder constatar o significado de Quiocos ou Katchokwés, os seus territórios e a obra do Dr. João Filipe Martins, "Sacapuma", sob o Título, os Katchokwés do Nordeste de Angola. Tudo isto, está bem explicado na História da Lunda, e o seu nome original.

Mapa de África de 1880





Nestes Mapas, isto é, o de 1880, quando faltavam os 4 anos para a conferência de Berlim, apresenta o posicionamento geográfico do território Tchokwé, e Angola Portuguesa, prova de que Lunda é Lunda e Angola é Angola 

  

Mapa Real de Angola Antes da Aquisição do Cunene



Neste mapa vê-se claramente  os Distritos criados pelo império Português antes da troca com o Império Germânico, que se tratou da troca do Rio Orange com o Rio Cunene. 




Mapa de África da Conferência de Berlim
 na sua parte Sul focando Somente Angola 

Obs. A Linha Vermelha, constitui-se pela proposta da Associação Internacional do Congo, que pretendia obter quase 4 milhões de Km/2 para a criação do seu Estado.



Mapa de África de 1883 e o Mapa cor de Rosa de 1886

Estes mapas de África, também apresentam o posicionamento do território Tchokwé fora de Angola, prova de que Lunda é a Lunda e Angola é Angola.



Mapa Verdadeiro Real e Atual de Angola

Este Mapa Apresenta a Real Extensão de Angola, que foi constituída como Angola, do Ano de 1890, após a assinatura dos Tratados de Protecção entre Império Português e o Império Lunda.




Mapa Actual de Angola

Este é o Mapa de Angola, que fora designado como o real mapa de Angola.

Angola na sua Real Extensão possuí 665.626,9444 Km2    

( Dados fornecidos pelas páginas Online do Gov. de Angola )



Mapa Actual da Lunda-Tchokwé

Este é o Mapa da Lunda-Tchokwé, que fora designado como o real mapa de Lunda-Tchokwé.

A Lunda-Tchokwé na sua Real Extensão possuí 602.709 Km/2 


( Dados fornecidos pelas páginas Online do Gov. de Angola )








A História do Império Lunda e as suas transformações

Esta é a História do Império Lunda, e as suas transformações, porque aquilo que ás vezes as pessoas ouvem falar, deve ser constatado, documentalmente, para ser um facto sustentado.







Confissão ou reconhecimento extra-judicial de Crime de usurpação de imóvel e de arrancamento de marcos


Este jornal, representa o reconhecimento de crime de usurpação de imóvel e de arrancamento de marcos, resultante da violação do art.3º do Acordo de alvor, causa do genocídio que o MPLA pratica na Lunda-Tchokwé, matando apenas os Katchokwés, com uma média de 30 por dia para substituí-los por Balubas,  Capendes, Luluas e Babatelas, plano em execução atual. Arts.445, e 446 do código Penal Angolano, art. 352, Nº2 do art.358 do Código Civil Angolano, art.256 do Código de Processo Penal Angolano, e art.65 do Estatuto do TPI.( Reconhecimento ou confissão extra-judicial)


 Conforme se vê, o próprio documento, ou jornal que publicou a existência do Estado Lunda-Tchokwé, reconhecido por Tratados, nos anos de 1885-1894, situação, que já havia sido reclamada pelo Manifesto desde 2007, e negada pelo SR. PRA. desde, 2009.


Agora, perguntamos; Quem obrigou o SR. Presidente da República de Angola (PRA), a publicar a existência do Estado Lunda-Tchokwé, que até agora, os seus subordinados, negam e continuando a acusar o Manifesto, na continuação da suposta tentativa de divisão de Angola, situação que já passou pelo Tribunal Supremo e foi absolvida?